sábado, 30 de maio de 2009

Conteúdos do Exame Nacional de GD-A de 2009

O conteúdo desta mensagem foi transferido para AQUI

29 comentários:

Eduardo Monteiro disse...

Olá antes de mais deixa-me felicita-la pelo excelente blog, :D

Eu tenho uma questão: (própria de pessoas aflitas neste momento :P)

Quais é que são as matérias que a professora acha mais prováveis/quase certas que vão sair no exame nacional?Eu estou aflito porque é muita materia em pouco tempo e se a professora me der uma luzes posso me focar nas mais importantes.

Agradecia

meu e-mail

eduardo_monteiro88@hotmail.com

Eduardo Monteiro disse...

Olá antes de mais deixa-me felicita-la pelo excelente blog, :D

Eu tenho uma questão: (própria de pessoas aflitas neste momento :P)

Quais é que são as matérias que a professora acha mais prováveis/quase certas que vão sair no exame nacional?Eu estou aflito porque é muita materia em pouco tempo e se a professora me der uma luzes posso me focar nas mais importantes.

Agradecia

meu e-mail

eduardo_monteiro88@hotmail.com

Anónimo disse...

tenho um exercicio que me pede o ponto I da intersecçao de um recta h ,horizontal, com um plano de rampa.
a recta h contem um ponto A e faz um angulo de 30º.
agora no plano de rampa dizem me que ontem o ponto P(-5,3,2) e o o seu traço frontar tem 5cm de cota como acho o plano de rampa?

Vera Viana disse...

Olá, Eduardo
Não sei muito bem como lhe responder. Não me posso comprometer, dizendo-lhe que sairá isto ou aquilo, quando eu realmente não sei e nem sequer conheço a forma como o Eduardo estudou durante o ano que passou, que conteúdos estudou mais ou menos ou sequer como os estudou. Há uma ou outra questão que posso dizer que é pouco provável (ainda que não impossível, pelo que não posso deixar de a leccionar) que saia no exame (por exemplo, a determinação das sombras de um cilindro oblíquo), mas dizer-lhe o que deverá sair, peço-lhe desculpa mas não sei, além dos conteúdos que refiro nesta mensagem...
O que é fundamental é que, ao longo do ano, tenha realizado muitos exercícios de exame nacional de modo a conhecer bem o tipo de exercícios que pode ser pedidos.
Agora, a tão poucos dias do exame, seria altamente irresponsável de minha parte dizer-lhe que deverá estudar isto ou aquilo, quando, realmente não sei...
Lamento não o poder ajudar, espero que compreenda e desejo-lhe boa sorte para o exame.
Obrigada pela visita e pelo elogio.

Vera Viana disse...

Resposta ao anónimo anterior:
O traço horizontal do plano de rampa deve ser determinado desenhando uma recta oblíqua definida por dois pontos do plano (o ponto P e um outro ponto, qualquer, pertencente ao traço frontal do plano já desenhado e, obviamente, com afastamento nulo).
Depois de desenhar esta recta, determine o seu traço horizontal, e por H1, deverá desenhar o traço horizontal do plano, paralelo ao eixo x.
Posto isto, deverá utilizar um plano projectante auxiliar que contenha a recta horizontal dada e que intersecte os traços do plano de rampa e determinar depois a recta de intersecção entre ambos (recta i), de modo a conseguir obter o ponto I pedido.
Bom trabalho

Anónimo disse...

Olá,

relativamente ao exercício 4 das axonometria, será possível que eles peçam os traços de um plano?
Não estudei como é que se determina os traços de um plano que contenha a face de um solido... Deve de ser com o recurso a rectas desse plano, como se faz na dupla proj. ortogonal, não é?
agora nao sei se devia perder algum tempo com isso ou se nao vale a pena estudar isso...

Obrigada

Anónimo disse...

Olá,

relativamente ao exercício 4 das axonometria, será possível que eles peçam os traços de um plano?
Não estudei como é que se determina os traços de um plano que contenha a face de um solido... Deve de ser com o recurso a rectas desse plano, como se faz na dupla proj. ortogonal, não é?
agora nao sei se devia perder algum tempo com isso ou se nao vale a pena estudar isso...

Obrigada

Vera Viana disse...

Olá
De acordo com as informações do Gave, no ex. IV, pedir-vos-ão para "Em axonometria, representar uma forma tridimensional, eventualmente composta, baseada
em sólidos geométricos simples – paralelepípedos, pirâmides, prismas, cones, cilindros", não estando aqui referida qualquer representação dos traços de um plano neste Sistema de Projecção.
Seria realmente da forma que refere que se determinariam os traços do plano, mas não se preocupe com esta questão, pelas razões que já referi.
Bom trabalho e boa sorte para o exame.

Anónimo disse...

Boa tarde, gostaria de saber se se no exame sairem axonometrias normalizadas, o enunciado disponibiliza o coeficiente de redução ou tenho de decorar? Obrigada, Marta

Ps. Parabéns pelo seu blog

Vera Viana disse...

Obrigada, Marta, pela visita e pelo comentário.
Nunca apareceram axononetrias normalizadas num exame nacional desta disciplina, mas suponho que, se aparecer (o que será pouco provável), vos darão os coeficientes de redução.
Se não, deverá conhecer o seu arredondamento (à unidade ou a 1/2, quando muito).
Bom trabalho

Anónimo disse...

Obrigada pelo esclarecimento.
O meu professor disse-me que era muito improvavel que saisse. isso so aconteceria se os outros exercicios fossem de um grau de dificuldade muito elevado, mas por estranho que pareça... gosto mais das que nao sao normalizadas. Marta

Vera Viana disse...

Ainda bem - sinceramente, também as acho muitíssimo mais interessantes...
Bom estudo e boa sorte para o exame

mikimizi disse...

ola!
não tenho dúvidas, por enquanto...
Queria só agradeçer a existência deste blog, foi uma óptima ideia!
para nós, alunos, é difícil estudar sem termos hipótese de recorrer a ajuda de um professor ou de alguém que nos possa ajudar, sentimo-nos perdidos quando temos dúvidas e não há a quem possamos recorrer! pelo menos, falo por mim...

Francisco disse...

Boa tarde...
Professora, acha que pode sair um solido de bases nao projectantes?

agradeço resposta

João disse...

olá, acham que pode sair secções em planos não projectantes obliquo e passante? a minha explicadora só me deu como se faz em plano de Rampa, porque diz que é pouco provável sair em exame.

obrigado.

Vera Viana disse...

Resposta a Mikimizi:
Muito obrigada pelo seu comentário e obrigada pela visita. Se precisar de esclarecer alguma dúvida (que. espero, não venha a ter, nem durante o exame), estarei por cá para o ajudar.

Resposta ao Francisco:
Por acaso acho que essa possibilidade deve estar próxima, dado que está explicitamente referida nos conteúdos para o exame e ainda não o incluíram. Este tipo de exercicios também são interessantes (veja na coluna lateral esquerda, uma mensagem sobre o assunto).

Resposta ao João:
Pode ser tão provável como qualquer outro caso e a sua explicadora deveria ter dado também os casos dos planos secantes oblíquo e passante, visto que podem vir a sair no exame. O plano passante secante resolve-se de modo semelhante ao de um plano secante de rampa, através da terceira projecção dos elementos considerados, pelo facto de este plano ser projectante em relação ao plano zy.

Boa sorte a todos para o exame de amanhã.

Mocho Empenhado disse...

Boa tarde Professora.

Acho o seu Blog bastante interessante mas enquanto resolvia alguns exercícios de ângulos (o meu ponto fraco =D) pediram uma recta paralela ao Beta 2,4. Quais serão as características desta recta?

Obrigado,

Miguel rodrigues

Anónimo disse...

boa tarde, nas secções, quando pede a truncagem da secção o que temos que fazer?

Anónimo disse...

Mocho nao sou a professora mas posso te dizer que uma recta paralela ao B2/4 tem as duas projecçoes paralelas.
E anonimo a troncagem penso que seja o "solido resultante" que e tudo o que esta para baixo da secçao produzida pelo plano secante, logo e para destacares isso.

Anónimo disse...

Boa tarde, eu faço sempre confusão entre rectas de maior declive e inclinação, as rectas de maior declive são as rectas que fazem o maior ângulo possível com o traço horizontal? (ou frontal?) obrigado.

Mocho Empenhado disse...

Para te ajudar, anónimo, as rectas de maior inclinação fazem 90º com o traço frontal do plano. Assim sendo, são as rectas que nos dão a inclinação do plano (em relação ao plano frontal de projecção)

Espero que tenha ajudado.

PS: Obrigado anónimo pela resposta à bocado. Depois de pensar um pouco cheguei à mesma conclusão ;)

Anónimo disse...

Mocho, por acaso não és uma certa pessoa que teve tudo 5 no nono ano?

EM relaçao ao blog, ajudou muito no meu estudo, só que infelizmente só consegui estudar hoje... Vamos ver se chega. ( TIve que cortar algumas partes, claro :P)

Abraços, vso

Anónimo disse...

a professora qual das axonometrias aposta no IV exercício?

Vera Viana disse...

Olá, Miguel
Uma recta oblíqua e paralela ao beta 2,4 tem as projecções paralelas entre si (experimente desenhar uma recta paralela a uma recta passante do beta 2,4 - com as projecções coincidentes - passando por um ponto com a cota diferente do afastamento).
Se for de perfil e paralela ao beta 24, é uma recta que faz 45º com os dois planos de projecção mas não passa pelo eixo x. A posição desta recta só pode ser determinada por rebatimentos, mudança de diedros ou recorrendo à terceira projecção (porque, sendo de perfil, as suas projecções são perpendiculares ao eixo x).
Se for por rebatimento, há que definir a posição de uma recta do beta 2,4 e fazer então uma paralela a essa recta (veja o ex. I do exame de 2008 da 1ª fase).

Resposta ao Anónimo:
O que vos podem pedir não é a truncagem da secção mas do sólido depois de seccionado ("cortado") pelo plano secante. Nesse caso, devem dizer-vos qual é a parte do sólido que deve ser desenhada a traço expressivo, ficando o restante tronco de sólido a traço contínuo fino. Ainda não foi pedido num exame, mas não quer dizer que o não possa ser...
Não é necessariamente a parte "de baixo do sólido". Pode ser, por exemplo, a parte do sólido situada entre o plano secante e um dos planos de projecção, de maneira que a figura de secção fique visível.

Resposta ao anónimos das rectas de maior declive/inclinação:
As rectas de maior declive são as rectas do plano que fazem o maior ângulo com o P.H.P. e que, quando projectadas, têm a sua projecção horizontal - d1 - perpendicular ao traço horizontal do plano; as de maior inclinação são exactamente ao contrário, tendo a sua projecção frontal - i2 - perpendicuar ao traço frontal do plano.
E o "Mocho Empenhado" tem razão ao dizer que as rectas de maior declive nos dão o maior ângulo do plano com o PHP, enquento que as rectas de maior inclinação nos dão o maior ângulo do plano com o PFP - mas para sabermos esse ângulo, temos de rebater cada uma delas...

Eu não sei mesmo o que sairá amanhã, sinceramente - e creio ser altamente prejudicial para vocês se disser qual é a axonometria que acho que sairá - além de eu me poder enganar, vocês poderiam não estudar uma ou outra por minha causa...
Peço desculpa por isso

Obrigada pelas visitas e pelos comentários.
Boa sorte a todos e até amanhã.

João disse...

Muito obrigada Professora, seu blog é n1!!! :D boa sorte pessoal, acreditem que vai tudo correr bem :D, este ano tão a facilitar muito nos exames, por isso toca aproveitar para terem um 20 à maneira ;)

Mocho Empenhado disse...

Professora assim que puder, coloque as propostas de correcção. Devemos estar todos ansiosos... =)

Espero que tenha corrido bem a Todos!!

Anónimo, ja agora convinha dizeres quem és (e não tive tudo 5... xD)

Mocho Empenhado disse...

Ja agora, para quem não quer esperar xD:

http://gdarte.blogspot.com/2009/06/exame-2009-1-fase-proposta-de-resolucao.html

Anónimo disse...

Alguém nos pode explicar o método das intersecçoes e das distancias??
Qual é a diferença das rectas de maior declive e maior inclinação?
Obrigado!

Vera Viana disse...

Nem as intersecções nem as distâncias são "métodos" mas conteúdos do programa de GD-A, cuja explicação não caberia aqui, num comentário de um blogue, nem sequer numa única mensagem.
Consultem, na coluna lateral esquerda, as mensagens relativas a estes conteúdos.
Muito resumidamente:
- A recta de maior declive é a recta do plano que faz o maior ângulo com o P.H.P., pelo que a sua projecção horizontal d1 é sempre perpendicular ao traço horizontal do plano a que pertence.
- A recta de maior inclinação é a recta do plano que faz o maior ângulo com o P.F.P., pelo que a sua projecção frontal i2 é sempre perpendicular ao traço frontal do plano a que pertence.